Conheça os whiskies mais caros do mundo

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

Os whiskies surgiram na Escócia, embora Irlandeses aleguem sua autoria. Ao longo da história, a bebida caiu no gosto dos europeus e ficou famosa mundialmente. Nesta matéria, você conhecerá alguns dos mais caros e desejados do mundo. Além de ser luxuosa, a bebida proporciona uma bela experiência sensorial que poucos têm o privilégio de apreciar.

Os whiskies da nossa lista são perfeitos para quem não abre mão de preciosidades.

Isabella Slay de 40 anos

No primeiro lugar na lista, está o Isabella Slay, que custa nada menos que 5 milhões de euros. Dá pra acreditar? É um escocês de malte de 40 anos. A garrafa em cristal é revestida com ouro branco, com 8500 diamantes e 300 rubis.

whiskies

Master Of Malt de 105 anos

Este whisky é considerado pelos especialistas como uma preciosidade. A garrafa não tem nada de excepcional, porém, o produto tem notas de baunilha, de cardamomo, noz moscada, toffee e castanha. Seu preço está avaliado em nada menos que 1 milhão e 300 mil euros.

Macallan de 64 anos

Comercializado em um leilão por 420 mil euros, Macallan se destaca por sua apresentação em um decantador de cristal e surgiu há 64 anos. Foi especialmente criado para comemorar os 150 anos de René Lalique, famoso artesão de cristal francês.  Além disso, foi produzido com um molde de cera perdido e é considerado o mais valioso dos decantadores Lalique.

whiskies

Dalmore de 62 anos

Dalmore faz parte de uma edição especial de apenas 12 garrafas, com notas achocolatadas muito aromáticas. Seu custo chega a ser de 183 mil euros.

Glenfiddich Janet Sheed Roberts Reserve 1955

Mais um whisky muito valorizado para a nossa lista. Foi destilado e armazenado em barris em 1955 e permaneceu até o falecimento da neta do criador da marca. Foram produzidas 15 garrafas desse whisky em sua homenagem. O valor é de 83 mil euros.

whiskies

E você, teria coragem de pagar preços tão altos para apreciar bons whiskies? Leia também nosso post sobre os vinhos mais caros e desejados do mundo.

Compartilhar.

Sobre o autor

Redação Anália

Deixe uma resposta