7 perguntas a serem respondidas em Star Wars: Os Últimos Jedi

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

Desde 2015, quando o diretor J.J. Abrams nos entregou o Star Wars: O Despertar da Força, uma legião de fãs está em ebulição com teorias sobre as diversas questões que o longa deixou sem respostas. Mas, hoje, algumas delas poderão ser solucionadas. Star Wars: Os Últimos Jedi finalmente estreia nos cinemas!

Pelas mãos do diretor George Lucas, o primeiro filme Star Wars — que depois foi renomeado como Episódio VI: Uma Nova Esperança — criou, em 1977, um frenesi. A história que misturava elementos de filmes de Velho Oeste, fantasia, ficção científica e samurais. O sucesso foi tanto que a franquia rende de brinquedos, à séries animadas, livros, quadrinhos e, é claro, 9 filmes derivados lançados ate hoje — incluindo Rogue One, lançado em 2016.

Para você também ir se aquecendo para conferir o oitavo episódio da franquia, preparamos 7 perguntas que Os Últimos Jedi pode responder sobre o futuro da trama. Não é demais avisar: possíveis spoilers pela frente!

1. Quem são os pais de Rey?

É impossível não ficar encantado com Rey, a personagem introduzida na saga em O Despertar da Força. Nós a vimos pela primeira vez como um “catadora” no planeta desértico de Jakku e nos despedimos dela entregando o sabre de luz a Luke Skywalker depois de demonstrar sua aptidão para a Força.

Mas, quando Han Solo a convida para acompanhá-lo em aventuras pela galáxia, mais ou menos no meio do filme, ela fica reticente. Diz ques está esperando pela volta de sua família. Ficou a pergunta no ar: que família? E por que Rey teria sido abandonada?

A hipótese mais provável é que ela tenha sido deixada lá para ser protegida contra algum mal. O que indica que ela não faz parte de uma família qualquer. Diversas teorias dos fãs tentam dar conta da questão. Seria Rey filha do próprio Luke Skywalker? Ou então de seu mestre, Obi-Wan Kanobi?

Há quem especule, inclusive, que Rey seja filha do Imperador Palpatine, o grande vilão das duas primeiras trilogias.

Mas a principal dica veio do video game Star Wras Battlefront II. O jogo conta um pouco da história de dois ex-soldados de elite do Império que se apaixonaram e tiveram um filho. Será?

2. Como assim, últimos jedi?

O Despertar da Força acaba com Rey encontrando Luke Skywalker em exílio no planeta Ahch-To, onde estaria o primeiro templo Jedi. Porém, a que indicam os trailers, Rey não encontra bem o que esperava com Luke. O mestre Jedi está apreensivo e relutante em treinar uma nova aprendiz. No trailer, inclusive, Luke afirma que chegou a hora do fim da ordem Jedi.

O que isso quer dizer? Seria Luke o último Jedi? E o que isso implica para o treinamento de Rey? Se Luke perdeu a fé na ordem Jedi, talvez Rey se torne uma Grey Jedi, ou Jedi Cinza. No cânone de Star Wars, essa ordem de Jedi não se posiciona nem na luz, nem nas sombras, e reconhece os erros de ambos os lados, Jedi e Sith. Para eles, o verdadeiro conhecimento sobre a força se encontra em algum lugar no meio disso.

3. Luke e Rey no lado sombrio da Força?

Outra hipótese é a de que Luke Skywalker tenha bandeado para o ladro sombrio da Força. Os posteres e materiais de divulgação do filme parecem brincar um pouco com essa ambiguidade. Os trailers também sugerem que o poder de Rey está chamando a atenção do Supremo Líder Snoke que, supostamente, é o Lord Sith por trás das forças malignas da Primeira Ordem.

4. Quem é o Supremo Líder Snoke?

Muito pouco ou quase nada se sabe sobre qual é a origem do Supremo Líder Snoke, o articulador da Primeira Ordem. Talvez seja até ousado supor que ele seja um Sith, do lado sombrio da força. E se, assim como Luke, ele também seja alguém que tenha perdido a fé nesses opostos?

O que se sabe é que, em algum momento, ele trouxe seduziu o filho de Han Solo e de Leia, Ben Solo, a se voltar contra Luke Skywalker. Também não se sabe o quanto Snoke esteve próximo, ou não, da ascensão e da queda do Império, comandado por Darth Sidious e Darth Vader na primeira trilogia.

Espaço para especulação há de sobra. Todas ligando, de alguma forma, Snoke à personagens do passado. Seria ele o próprio Sidious? Ou então algum outro Lord Sith antigo? Embora essas teorias sejam atraente, há mais motivos para acreditar que sua origem tenha pouco a ver com esses outros personagens conhecidos.

5. Como Kylo Ren caiu para o lado sombrio da Força?

A esta altura, nós já sabemos: depois da queda do Império, Luke tomou para si a missão de formar uma nova geração de cavaleiros Jedi. Dentre seus pupilos, estava seu sobrinho, Ben Solo. Todavia, Ben é seduzido por Snoke a se voltar contra o tio. Liderando os Cavaleiros de Ren, Ben, agora chamado Kylo Ren, destrói o novo templo Jedi. A decepção leva Luke a se exilar por anos.

Embora a linha geral do que aconteceu já tenha sido introduzida, falta aos fãs os detalhes de como se deu a queda de Kylo Ren e como, exatamente, ele se aproximou de Snoke.

Especula-se que, em Os Últimos Jedi, Kylo pode até se redimir e retornar à luz. Afinal de contas, Star Wars pode continuar sendo uma história sobre a família Skywalker, e Kylo atende a esta expectativa.

6. Quais são as consequências da morte de Han Solo?

Han Solo é um dos personagens mais queridos da saga e uma figura central da primeira trilogia. Por isso, vê-lo morrer pelo sabre de luz de seu próprio filho, Kylo Ren, foi um golpe tanto para os fãs em O Despertar da Força.

Porém, é notável como no filme de 2015 o impacto dessa morte não foi mostrado devidamente na reação dos personagens. Agora, o novo filme deverá demonstrar o peso da ausência de Han Solo, especialmente para Leia, sua ex-esposa e mãe de Kylo. Afinal, como uma mãe reagiria ao saber que seu filho acabou de assassinar o próprio pai?

Uma reação à altura também se espera de Luke. Muito provavelmente, Rey contará ao mestre Jedi o que aconteceu com Han. Como ele irá responder a essa triste notícia?

7. Como filme lida com o falecimento de Carrie Fischer?

Aos 60 anos, faleceu em dezembro do ano passado a atriz Carrie Fischer, a eterna princesa Leia. Embora a atriz tenha se despedido após o encerrar as gravações de Os Últimos Jedi, os fãs não podem deixar de especular como a perda se reflete no filme.

Segundo executivos da Disney — detentora dos direitos de Star Wars –, esse será o último filme em que teremos a presença física de Leia em cena. Descartou-se a hipótese de usar tecnologias de computação gráfica para recriar sua face nos próximos filmes. A mesma tecnologia foi empregada para recriar o rosto do ator Peter Cushing, em Rogue One, falecido em 1994.

Ao que tudo indica, Os Últimos Jedi também servirá como um grande tributo à vida e obra de Fischer. E estamos ansiosos para saber qual será o destino de Leia após esse filme.

E você? Quais perguntas você não pode esperar para serem respondidas? Conte para gente nos comentários!

Compartilhar.

Sobre o autor

Redação Anália

Moda, lazer, variedades e tudo sobre o Anália.

Deixe uma resposta