Os benefícios das pausas para o café no trabalho

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

Pesquisas comprovam que nós brasileiros somos os maiores consumidores globais de café. Dá para acreditar? Essa bebida universalmente querida por muitos profissionais sempre proporciona aquela pausa gostosa no ambiente de trabalho.

É comprovado que as pausas para o café com outros profissionais ou colegas de trabalho são importantes. Elas aumentam a produtividade e criatividade no ambiente profissional. É nesta hora que conversamos sobre trabalho ou assuntos diversos, como compartilhar um projeto ou ideia.

Estudos da universidade norte-americana Hankamer School of Business também mostraram pontos positivos relacionados à bebida. Segundo os pesquisadores, quando funcionários fazem pausas no trabalho com coisas que gostam, como tomar café, maior é a satisfação durante o expediente. Quando consumida de forma equilibrada, a bebida ajuda a potencializar a qualidade no trabalho. Isso faz com que o profissional tenha mais disposição, foco, atenção e autocontrole.

Sugiro que se o seu tempo for corrido para almoçar com alguém, convide para tomar um café. Diferente do horário de almoço, um café pode ser uma alternativa para colocar os assuntos em dia ou trocar uma ideia. Com duração que pode variar entre 10 a 35 minutos, ainda é uma maneira de se relacionar e interagir com outros profissionais.

Aqui no Anália temos diversas opções deliciosos para agendar estes encontros.  Mas, hoje quero sugerir um espaço muito charmoso com uma variedade de doces e salgados para um café ou encontro rápido. A Boulangerie Carioca.

Inspirada nas sofisticadas padarias da França, a casa abriu as portas na gastronômica Olegário Maciel.

Desde fevereiro de 2015 reúne o conceito de boulangerie – pâtisserie. Ao longo do dia ganha um clima parisiense. Perfeita para uma refeição leve e bem ao estilo europeu.

Compartilhar.

Sobre o autor

Renata Mello

É consultora de Imagem daqui do Blog Anália. Traz dicas, novidades e achados do Shopping todas as terças e quintas.

Deixe uma resposta