México além de Cancún

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

É verdade que as praias do México são estonteantes, mas, pode acreditar, existe um outro México que surpreende boêmios, trilheiros e curiosos de museu, todos de uma vez. A atmosfera cultural, as descobertas arqueológicas, os passeios de trem com vistas incríveis, a noite agitada e a gastronomia criativa são alguns dos diversos regalos (presente, em espanhol) que este país pode oferecer a você.

Para conhecer – antes de visitar – alguns desses presentinhos, conversamos com as viajantes Mariana Schiavon, administradora, que ficou por lá em torno de 20 dias, e com Flávia Cheganças, jornalista, que morou entre os mexicanos por 1 ano. O relato de cada uma delas gerou roteiros diferentes, mesclando as atrações culturais mais conhecidas do país com algumas dicas e recomendações das duas.

O roteiro de Mariana, programado para 21 dias, se concentrou na região mais urbana, passando a maior parte do tempo na Cidade do México e cidades adjacentes como Tepoztlan e visitando, por alguns dias,  Puebla de Zaragoza, no estado de Puebla.

Para ela, México é sinônimo de diversidade: “A quantidade de comidas diferentes, as danças, as cores da cidade e a cultura local são refletidas em cada detalhe”, comenta.

Em Teotihuacán ou Cidade dos Deuses, está localizado um centro arqueológico riquíssimo de outras civilizações, onde viveram povos antigos como os olmecas, teotihuacanos, astecas e maias. É lá que visitantes e nativos contemplam as pirâmides da cidade pré-hispânica mais antiga do México.O local fica aproximadamente a 50 km da Cidade do México e vale muito a visita.

Lá está a Pirâmide do Sol, terceira maior do mundo, menor apenas que a Cholula, também no México, e a de Quéops, no Egito. O Palácio Quetzalpapalotl e a Pirâmide da Lua, conhecida como Cidade dos Mortos, também estão no local.

Outra atração imperdível é o tradicional passeio de barco – super colorido – do distrito de Xochimilco, pelos inúmeros canais do local. E para quem não dispensa uma praia, Mariana indica paraísos poucos visitados. “Quando as pessoas pensam no México, logo se lembram de Cancún, mas existem outras praias menos cheias e maravilhosas, como Bacalar e as incríveis Islas Marietas, que mostram mais a realidade do povo mexicano e são menos americanizadas.”.

Flávia ganhou uma bolsa de estudo no México, por um ano, e acabou se apaixonando pela natureza e pelos destinos pouco explorados no país, ficando boa parte do tempo na cidade de Mérida e na península de Yucatán. Para ela, o ideal é conversar com os mexicanos e pedir dicas de locais para fugir dos passeios comuns. “Fiquei encantada com a receptividade deles”, comenta.

“Um dos meus passeios mais incríveis foi o da Boca de Túnel, em Aguascalientes, pouquíssimo conhecido, mas com uma trilha suspensa em árvores com um visual maravilhoso”, recorda.

Entre os passeios mais belos pelo México estão aqueles que levam às Cascadas, com quedas-d’água encantadoras. Na estadia de Flávia, a Cascada de Misol-ha, no estado de Chiapas, foi a escolhida.

Quer ler a reportagem completa com outras dicas sobre o México? Então, confira a edição número 18 da revista Anália, disponível no Shopping e on-line.

Compartilhar.

Sobre o autor

Redação Anália

Moda, lazer, variedades e tudo sobre o Anália.

Deixe uma resposta