A maternidade não é cor-de-rosa

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

Ontem (29), aqui no Anália, foi realizado um bate papo sincero e descontraído sobre a maternidade atual e real. O evento contou com a presença de três mulheres (e mães) maravilhosas, além de uma plateia leve e participativa. As convidadas foram a jornalista Rita Lisauskas, a radialista Roberta Martinelle e a cantora e compositora Tiê.

A maternidade costuma ser muito romantizada pela sociedade, e o intuito do evento foi discutir e opinar sobre o assunto, comentando experiências reais. No post de hoje, vamos contar tudo o que rolou, com várias dicas e reflexões para as mamães “gente como a gente”.

Rita Lisauskas tem um filho e dois enteados. É autora do blog “Ser mãe é padecer na internet”, no portal do Estadão e do boletim “Mãe sem Manual”, na Rádio Eldorado. Ela comandou a conversa fazendo perguntas interessantes para as outras convidadas e trouxe reflexões importantes.

bate papo evento

Roberta tem um filho bebê e apresenta o programa “Som a Pino”, também na Rádio Eldorado.

bate papo evento

Tiê tem duas filhas e trouxe muita descontração para o bate papo. O evento ainda teve direito a um pocket show acústico, com uma agradável apresentação da cantora.

bate papo evento

Maternidade real

O bate papo começou com uma reflexão sobre a romantização da maternidade. “As pessoas acham que é fácil, mas não é. A vida real é muito complicada. Comigo não foi tão puxado nessa parte, então me surpreendi”, conta Roberta.

O cansaço também foi um assunto muito mencionado pelas mães. “Existem momentos em que você fica muito cansada. É um desgaste muito grande”, admite Tiê. Ela ressalta que é necessário ter equilíbrio, para evitar a exaustão diante de tantas responsabilidades para lidar.

O assunto seguiu super descontraído, com histórias engraçadas sobre a gravidez e opiniões de outras pessoas enquanto os bebês eram pequenos. Não à toa, o público se divertiu dando muitas risadas. “O chato mesmo do palpite é quando falam que você está grávida e você já não está mais”, brinca Tiê.

plateia evento maternidade

Para obter mais apoio, Roberta entrou para um grupo de mulheres grávidas antes do nascimento do bebê. A radialista recomenda o processo para outras mães, já que o acolhimento é fundamental nessa fase.

Responsabilidade

De acordo com as convidadas, a pressão pela responsabilidade é um dos temas difíceis quando o assunto é ser mãe. “Não tem como você trabalhar sem pensar o tempo inteiro no neném. Parece que você criou uma âncora que não existia antes”, diz Tiê. No final, ela também traz uma reflexão sobre a culpa. “Devemos nos perdoar. Não temos controle sobre nada, tudo pode acontecer e o segredo é viver um dia após o outro”.

plateia evento maternidade

Só quem é mãe para realmente saber as preocupações e dificuldades do dia a dia. E você, já passou por alguma situação constrangedora sobre isso?

mães com a plateia

Compartilhar.

Sobre o autor

Redação Anália

Deixe uma resposta