A estação mais quente do ano se aproxima, e já está na hora de trocar o pesado edredom por roupas de cama mais leves. O que poucos sabem é que, com apenas alguns detalhes, como roupa de cama e cortinas novas, já é possível dar uma nova cara ao seu quarto para o verão.

Segundo Eliane Frate, designer de interiores, não há regras definidas para essa mudança. O melhor termômetro é o gosto de cada um. “Existem algumas tendências para se repaginar um quarto, mas o que vale mesmo é se sentir bem com as modificações, já que o ambiente deve acalmar e trazer aconchego”, afirma ela.

O mesmo ponto de vista tem Elisabete Camargo, outra designer de interiores. “Não adianta estar na moda se a pessoa não gosta do que foi reformulado”, reforça.

De todo modo, existem algumas dicas básicas para começar essa repaginação. Separamos três delas para inspirar você a mudar seu quarto. Confira!

1. Aposte em cores neutras

Use cores neutras em um dos acessórios da casa como tapete, cortina ou a colcha da cama (a tipo piquê é bem charmosa no verão).

Se você é super fã de estampas, não tem problema: se o tom do tapete é neutro, por exemplo, a cortina pode ter padronagens e a colcha em floral.

“Entre os tons neutros que sugiro estão o acinzentado e o rosé, próximo ao salmão”, indica Elisabete.

2. A cortina é uma peça-chave

 

Se você optar por uma cortina de cor neutra, ficará mais fácil compor com o tapete e, principalmente, com a roupa de cama, durante o ano todo. “Nesse caso, a qualquer momento, você pode trocar colcha e lençóis para que seu quarto ganhe uma cara nova”, diz Eliane.

O voil, o algodão e o linho, por serem mais leves e fáceis de lavar, são as matérias-primas mais recomendadas para uma cortina de verão.

Um truque simples para dar a impressão de que seu quarto é mais amplo é optar por uma cortina no mesmo tom que a parede. Se a intenção é mudar o visual do ambiente, fica muito bacana, por exemplo, usar cortina com tom bege, ou cinza ou rosé sobre paredes brancas. Uma mudança mais arrojada seria apostar na paleta dos tons terrosos para a parede e cortina na cor azul.

3. Esqueça os tapetes felpudos

 

O tapete é outro elemento que pede praticidade, acima de tudo.

A escolha deste item envolve uma questão de saúde: o acúmulo de poeira ou pelos no tapete pode ser prejudicial a quem tem alergias. Nesta circunstância, o bom senso é evitar tapetes felpudos. Assim, os que são produzidos em tear e que mesclam fios baixos são boas opções. Também outra tendência interessante: usar tapetes de couro legítimo ou mesmo o sintético.

“Em relação às cores, um tom neutro é sempre mais simples de compor com os outros elementos do quarto”, aconselha Elisabete. “Mas há tapetes bem bacanas com desenhos geométricos, de fundo branco ou escuro. Se optar por um modelo assim, escolha cortina e colcha de cores neutras para não correr o riso de errar.”.

Gostou das dicas? Aproveite, deixe seu comentário e continue acompanhando o Blog do Anália!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Escreva seu comentário
Insira seu nome